sábado, 14 de agosto de 2010

Pesadelo

Eu gostava mesmo muito de uma pessoa, todos os dias a olhava e pensava no par perfeito que podíamos ser, nas aventuras que poderíamos viver, nos sítios onde poderíamos ir. Nunca lhe disse.
Todos os dias sentia o mesmo, a enorme vontade de agarrá-la e dizer bem alto: "EU GOSTO MESMO DE TI! EU QUERO MESMO ESTAR CONTIGO!", mas nunca o fazia, nunca tive a coragem para o fazer...e lá estava ela na aula de Português a olhar para o relógio, a pensar porque é que os ponteiros não andavam mais depressa...e lá estava ela a conversar com as amigas sobre tudo e mais alguma coisa, e eu adorava tudo...adorava tudo o que ela fazia, era impossível não gostar da maneira como penteava o cabelo (embora ele voltasse a ficar à frente dos olhos).
Os tempos foram-se passando e cada dia que passava era mais uma dose de incapacidade...tinha medo, mas medo de quê?!

Já estava farto de não fazer nada e de tentar fazer tudo, e numa noite...essa noite,

Adormeci, e o meu sonho, bem...o meu pesadelo consistia em estar enterrado vivo,,,o ar começava a escassear e a sensação de não me conseguir mexer deixou-me completamente assustado.......ACORDEI! Nunca na minha vida me tinha sentido tão bem, sentia-me tão bem por tudo aquilo ser um sonho, um estúpido e tão realista sonho. Levantei-me ainda a cambalear e pensei: "e se o sonho fosse real, e se isto acontecesse mesmo?!", e por entre medos que outrora nem sequer existiam veio ao meu pensamento a pessoa que tantas vezes amei em segredo..."se isto acontecesse...se o sonho fosse real,,,eu nem teria a oportunidade de lhe dizer...de dizer o quanto gostava dela...e eu gosto tanto..."Tomei o pequeno-almoço e preparei-me para mais um dia de escola...
Quando cheguei dirigi-me à sala onde ia ter a primeira aula do dia, lá estava ela...corri...parei quando já estava a milimetros da sua boca e sem hesitar beijei-a...o sabor a cereja nunca me deixará...ela sorriu e nos olhos dos meu amigos e amigas via-se alegria e uma certa surpresa, eles que diziam que já era hora de aquilo acontecer.
Ela disse: "Porque demoraste tanto?"
"O que interessa é que estou aqui, contigo,para sempre" - respondi.

13 comentários:

  1. Para variar, adoro +.+
    Continua a escrever coisas destas :)

    ResponderEliminar
  2. obrigada pelo elogio. escreves bem, gosto dos textos. sim, eu sigo. beijinho.

    ResponderEliminar
  3. és um querido (:
    Gosto do blog e ja estou a seguir *

    ResponderEliminar
  4. tu escreves o que sentes e dás a transmitir esse mesmo sentimento, e já te estou a seguir claro (:

    ResponderEliminar
  5. Obrigada!
    Está lindo, não sou só eu que tenho jeito para escrever.

    ResponderEliminar
  6. Este texto deixou-me um sorriso nos lábios :D
    és o máximo :b

    ResponderEliminar
  7. Escreves muito bem +.+
    Gosto da forma como escreves, a sério ! :b
    Continua (:

    ResponderEliminar
  8. Isto é mesmo verdade?
    Porque se for eu só te digo isto: és o meu novo ídolo :b

    Quem me dera ter um bocadinho que fosse da tua coragem.
    Muito bem, é sempre bom lutar por aquilo que queremos :D

    Parabéns mais uma vez

    ResponderEliminar
  9. mas nunca a contaste assim para mim,,, phfum!


    ;)

    ResponderEliminar