segunda-feira, 12 de setembro de 2011

Rafael - Parte 13

-então fica combinado para as cinco da tarde… - disse ele.

-o quê? – perguntou ela.

-a nossa partida de bowling.

-bowling? A sério? Ahahahaha!

-qual é a piada? - perguntou Rafael surpreendido.

-nenhuma…eu hoje vou sair, por isso tenho muita pena mas vou ter de recusar. – disse com um ar irónico.

-amanhã então…

-Rafael… - disse Rita afastando-se.

-não é uma saída contigo… - ela observava-o de longe. Ele olhava-a com uns olhos brilhantes.

-talvez um dia destes…ok? – disse saindo do campo de visão de Rafael.

-ok… - disse baixo.

…Quinta à noite

-estou Susana? – dizia Rita ao telemóvel – estou mesmo agora a enviar o trabalho para o teu mail para veres como está.

-oh miúda! Isso está tudo bom, eu pressinto que esteja. Ahahahaha. - riu-se Susana.

-és mesmo parva, ao menos dá uma vista de olhos, não vá a stôra perguntar-te alguma cena.

-sim senhora!

Ouve-se ao longe o pai de Rita a chamá-la:

-Rita! Telefone!

-olha Susana, o meu pai está-me a chamar, vou ter de ir. Vê lá se vês isso!

-com certeza tenente! Fique bem! Ahahahaa! - e desligou o telemóvel.

Rita atirou o telemóvel para a cama e desligou o computador...dirigiu-se à sala de estar. O seu pai estava sentado numa mesa, rodeado de papelada e preocupações e em cima da muralha de folhas que o rodeavam estava o telefone. Ela pegou nele:

-estou?

-não é uma saída contigo...

-quem é que fala?

-é só um jogo de bowling…a sério…porque é que não queres ir?

-Rafael…olá... – disse afastando-se do pai.

-olha, eu apanho-te amanhã às cinco da tarde depois da escola…

-por acaso fizeste o tpc? - perguntou Rita.

-tpc? …

-ya! é a tua vez de fazeres o tpc de Físico-Química…que é para apresentar na segunda… - houve uma pausa...

-…hoje é quinta! - disse Rafael com um tom de desespero na voz.

-oh…eu sei que vais acabar por não fazer nada e quem se lixa sou eu!

-estás a mudar de assunto…

-eu já te disse que tinha planos…

-hum…é o “Lago” né? Mas é às cinco da tarde…estás em casa cedo…e preparada para a famosa
saída… - disse Rafael com um tom irónico.

-falamos amanhã na escola…

-talvez…

-com o tpc já feito - mas a chamada já tinha terminado. Que tipo esquisito.

-estavas a falar com quem? – perguntou uma voz que vinha do corredor.

-ah…mãe…estava a falar com o meu parceiro de Físico-Química…

-hum…e então? Têm-se divertido muito?

-sim…

-como é que ele se chama mesmo?

-Rafael…

-Rafael? Pensava que

-ah! Raul! Ele chama-se Raul…

-aquele rapaz que tu tanto me falas não é?

-sim…exacto.

-tens de o convidar a vir jantar cá um dia…

-sim…ele é muito simpático.

-e quem é esse Rafael?

-ninguém…é só o meu parceiro de Físico-Química…

-hum…ok. Vai lavar as mãos que o jantar já está na mesa.

-sim mãe, já vou.

A mãe afastou-se e ela ficou a olhar para o telemóvel. Estava um bocado confusa,
nunca tinha conhecido um rapaz como o Rafael. Era estranho e ela não sabia se isso era bom ou era mau. Ela só queria que ele fizesse o tpc! O resto olha…

2 comentários:

  1. ah bom :D e continuo a gostar imenso ;)

    ResponderEliminar
  2. :)
    ser estranho é melhor que ser comum, normal, igual :D
    gostei

    ResponderEliminar